Beijos que desenham as curvas do meu sorriso.

Beijos que me carregam pra si, sem deixar um pedacinho de mim aqui. Daqueles que viram meu coração do avesso e libertam as borboletas por todo meu corpo. Beijos que desenham as curvas do meu sorriso e acalmam a alma, me levando a flutuar no infinito. Beijos a fim de delinear meu corpo e afogar-me no perfume que deixaste no lençol ou quem sabe no meu desejo. Sem hora de acabar, sem pressa. Beijos que me levam ao delírio, que deixam meu corpo gritar pra que desça mais tua boca úmida e quente. Beijos que nos unem, até sermos um.

Fonte: Vanessa Neves

COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS