Às vezes é preciso dar um tempo

Às vezes é preciso dar um tempo…

Um tempo para rever as coisas que precisamos mudar, ou simplesmente um tempo para reciclar.

Tem vezes que preciso de um tempo para recarregar as energias…

É como se eu me sentisse esvaziada de forças, de palavras, de sentidos e sentimentos.

A vida anda em branco e preto e em todos os tons de cinza…

Preciso procurar minha paleta de cores que não sei onde guardei…

Preciso também encontrar o calor e a claridade…por que sinto tudo morno…algumas vezes frio demais.

Hei de procurar ainda a luz e as flores…é preciso perfume na vida da gente.

Não sei por onde andam a satisfação, a alegria e o prazer, que teimam em
se esconder.

Olhar-se por dentro e tentar descobrir onde foi que a gente se perdeu!
Em qual bifurcação escolheu-se o curva errada…por qual caminho deveríamos ter seguido, ou não…

Ou seria talvez que era para ser exatamente assim?
Porque nem sempre os caminhos têm flores, calor, luminosidade e perfume…

Às vezes ele se apresenta íngreme e solitário que é para que a gente se encontre de verdade!

Não sei bem o que seria certo ou errado, justo ou injusto…sensato ou insensato…

Difícil saber descrever a confusão interna…é tarefa que certamente demanda algum tempo…

FONTEJujuba Sincera
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS