As mães corajosas e suas incalculáveis heranças emocionais

As mães corajosas são aquelas que foram além do limite da superação, que tiveram tudo contra elas, mas que não deixaram que isso as afetasse, que recuperaram as forças para proteger seu ninho, que se recompuseram e que seguiram adiante com suas crias.

Todas elas são mulheres que tiveram uma vida difícil, que conseguiram reconstruir seu mundo mesmo tendo sido abandonadas e renegadas pela sociedade ou, quem sabe, por aquelas pessoas que deveriam ter estado ao seu lado, mas que falharam.

Elas tentaram garantir a melhor proteção e educação a seus filhos, tiraram o pão de sua boca para que seus filhos não passassem fome, seja fome propriamente dita ou emocional, que cozinharam a fogo lento abraços cheios de amor e repletos de esperança.

As mães corajosas da superação e do amor

Por isso elas são mestres na luta e na superação. Sabem bem o que é seguir adiante carregando com elas o carro das dificuldades e das injustiças, lutando para que aos seus filhos não falte nada e que nada os machuque.

Por essa razão, quando falamos das mães corajosas temos que recuperar a solenidade, por a mão em nossos corações e nos aproveitarmos da sabedoria de cada um de seus acolhedores abraços.

Porque elas são as responsáveis por sermos hoje adultos completos, pois hoje podemos respirar e sentir orgulho de todas aquelas aventuras e adversidades que foram superadas com fé por mulheres cujo único propósito era que seus filhos caminhassem acompanhados por um caminho cheio de amor.

Com essa motivação, elas criaram um universo em que sabiam que seus filhos sempre encontrariam carinho, proteção e tudo o que necessitassem. Independentemente de seus lugares no mundo, sempre tentaram proteger seus filhos das injustiças, da privação e da maldade.

E assim passaram-se os anos, enquanto seus melhores reconhecimentos estavam nos sorrisos dos seus filhos, em suas conquistas, em suas determinações, em suas felicidades, em seus crescimentos. E é daí que elas tiravam forças, e assim aprenderam a ver o melhor delas mesmas e definiram suas essências.

“O pior defeito que as mães têm é que morrem antes que alcancem as retribuições por tudo que fizeram. 

Eles deixam um impotente, culpado e, inevitavelmente, órfão. Por sorte há apenas uma dela, afinal não se poderia suportar a dor de perdê-laduas vezes.

-Isabel Allende-

A melhor herança de uma mãe para seus filhos é ter sido curada como mulher

Uma mãe curada é aquela que mostra a seus filhos como lidarem com aquelas prioridades que são impostas para a mulher, mãe, filha, irmã, esposa, namorada ou amiga. Através desse processo de ensino para os seus filhos, passa-se a dar valor e respeito ao mundo feminino.

Uma mãe corajosa não é, necessariamente, aquela que se sacrifica pelo simples fato de ser mulher, mas sim aquela que apesar de ter que carregar tanto peso não renuncia a suas realizações,  a suas necessidades e não transforma sua essência, mas que consolida tudo isso.

Este fato é o que as converte em mulheres fortes que renunciam ao rótulo de sofredoras e agradecem por poderem dar o melhor exemplo possível a seus filhos na hora de estabelecerem limites emocionais na vida.
Uma mãe corajosa leva toda sua vida tendo muitos presentes, permitindo-se ser escutada, enchendo-se de expectativas saudáveis, vencendo as imposições e empurrando para frente seus filhos com a força que o amor permite.

É que uma mãe corajosa é, antes de qualquer coisa, uma mulher cheia de poder. Por isso, devemos ver essas mulheres com um laço universal que nos une, porque, no fim das contas, elas são fontes de vida.

A lembrança das mães corajosas tem um aroma puro e sincero como os reflexos dos abraços, dos mistérios incertos, das inseguranças na transformação, dos corações palpitantes, do crescimento sem limites.

Assim, se nos aventurarmos a mergulharmos em nossa linhagem feminina, seguramente, grande parte de nós mesmos estiveram com mulheres corajosas que decidiram que valia a pena caminhar pelo oceano profundo das adversidades.

E então, sem saber, graças a sua valentia, nos deixaram grandes heranças emocionais, heranças essas que hoje nos alimentam. E por essa razão, hoje as homenageamos.  Por serem mulheres dignas de tudo, por seus corações universais e por suas entregas infinitas.






COMENTÁRIOS