Aquele alguém especial

Ainda não é alguém pra gente chamar de “pra sempre”. É só alguém especial. É só um alguém que faz bem pra gente. Alguém que a gente gosta de contar do dia; que a gente gosta de ouvir a opinião. Aquele alguém ainda não é alguém que pode nos cobrar, mas é alguém que tem licença para nos lembrar do que precisamos, do remédio para tomar até um pensamento positivo para somar.

Aquele alguém especial ainda não é o amor da nossa vida. É só alguém. Mas é um alguém que a gente não gosta de parar de falar. Que a gente sorri com a notificação no celular. É um alguém que a gente chama para jantar no lugar de outros “alguéns” por aí.

A gente não precisa esperar o amor da vida inteira. A gente pode aproveitar o amor de só uma noite inteira. É um alguém especial.

Aquele alguém especial é quem nos confunde ao nos decifrar e fazer bem sem necessariamente precisar. Nos leva à dúvida de parecer muito mais que só um alguém enquanto também não é ainda alguém o bastante para se dedicar tanto assim. Como pode? É alguém que entende o que a gente gosta! Sabe como não conseguimos resistir a um carinho atrás da orelha.

É muito estranho. Aquele alguém especial é alguém que nos faz sentir vários tipos de saudade. Saudade da rotina de todo dia ter um “bom dia”. Saudade dos links com vídeos engraçados ao longo do dia. Saudade do tipo de piada, do tipo de risada. Saudade até mesmo das brigas e discussões.

É alguém que até a internet parece entender que não é só um alguém qualquer. Aquele alguém está ali no nosso chat, está no topo das nossas conversas de Whatsapp, tem as publicações aparecendo mais vezes em nossa timeline. É como se a internet dissesse: “presta atenção que esse alguém já faz mais parte da sua vida do que você imagina”.

E muitas vezes não nos damos conta disso por medo. Jogamos contra nós mesmos, tentamos não aceitar e evitar que se torne algo maior que nos machuque mais. Mas é só alguém. É só um alguém que nos faz bem. É só um alguém especial tentando mostrar como também somos especiais.

É um alguém que talvez se dedique bem mais do que nós já nos dedicamos um dia. Um alguém que não tem medo de ir além e falar o que pensa, sabendo que sempre será algo que vamos gostar. Aquele alguém especial é um alguém que nos lembra do que não podemos esquecer: como somos bons sozinhos mas que podemos ser ainda melhores juntos.

Aquele alguém está por aí, mais perto de você do que imagina. Entre uma e outra foto curtida cheio de vontade de nos curtir também.

TEXTO DEMárcio Rodrigues
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS