Apaixone-se por um cara de gêmeos

Eu sei que eu pedi para você não se apaixonar por mim, porque eu sou um cara de Gêmeos. Mas pode ser que eu tenha mudado de ideia, o que não é muito difícil de acontecer. A verdade é que eu acredito que não se pode controlar por quem nosso coração perderá o norte. Então, quer saber? Se for o caso, se apaixone por mim, sim. 

Eu sou esquisito, desinibido e desorganizado: vou chegar para bagunçar suas certezas, seus compromissos marcados, suas roupas divididas por cores e até sua hora de escovar os dentes para não chegar tarde no trabalho. Sou excêntrico e despreocupado e, por isso, gosto tanto de ficar em casa de moletom com pipoca ou de sair para jantar. Vou me reinventar para aliviar seu estresse depois de um dia longo. Eu nem me importo com camisetas furadas e se prepare! Vou te sujar de Nutella enquanto cozinho. Aliás, num dia jantaremos tapioca e, no outro, lasanha. Sei fazer brigadeiro, mas podemos recomeçar uma dieta fitness com mahamudra e assadinhos de chia toda segunda-feira. 

Provavelmente, não conversaremos sobre o mesmo assunto durante muito tempo, mas te farei rir por horas com todas as minhas histórias absurdas. Vou tentar te ensinar uma nova maneira de encarar a vida sem tantas preocupações e, principalmente, sem a necessidade de estar certo sempre. E se você quiser, vamos viajar juntos para muitos lugares que eu já conheço, inclusive Nova Iorque. Só que vou querer descobrir também: embarcar no seu mundo e nos seus mistérios. Quero saber quais são as suas manias, seus desatinos e suas coisas bobas. Ah, e esteja pronta para surpresas e quebras de rotina.

Não sou bom de parar num lugar e, por mais que eu nunca tenha abdicado por amor, não terei problema de tentar uma primeira vez. E caso eu não consiga, te levarei comigo. Porque se eu já tiver ido embora no dia seguinte, vou precisar de você para me ensinar que faz sentido acordar mais de quatro ou cinco manhãs com as mesmas ambições.

É que eu carrego essa propensão a ter infinitas casas no mundo. Porém, entenderei que minha morada é onde deixo meu coração. E isso não tem nada a ver com Geografia. E eu sei que você até tenta não acreditar que tudo isso é verdade, porque já conheceu muitos caras de Gêmeos, mas pode ser que eu não seja igual aos outros. E talvez essa seja a oportunidade de permitir que alguém tente me mudar. E me convencer que ver o mesmo pôr-do-sol na mesma pedra da mesma praia é sempre uma experiência nova, porque a cada tarde nos apaixonaremos de maneiras diferentes. É verdade, eu preciso sempre de mais e de muito, mas quero te dar a oportunidade de me mostrar que podemos ser infinitos e que, por amor, vale a pena ser “para sempre”. Eu não sou o cara que lê o mesmo livro todas as férias. Por isso, eu vou ler primeiro os seus olhos e depois os seus gestos e assim por diante. Até ter minha própria biblioteca a seu respeito. Eu gosto do exagero, do superlativo, da gargalhada alta e do grito. Então, eu serei exageradamente feliz ao seu lado. No fundo, você sabe que eu vim e ficaria pouco. Mas esse seu olhar dentro do meu assim tão profundamente, me faz aceitar o desafio de permanecer por amor. Então, por favor, se apaixone por mim, porque vale a pena. Vale a pena.

Escrito por Stefano Manzolli.

COMPARTILHAR


RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS