A vida e o amor

Amado companheiro,

Sabe, às vezes a vida dá uma volta por cima de tudo o que sonhamos e imaginamos. Ela acontece mesmo quando menos esperamos. A vida está trabalhando a todo o tempo e não nos deixa enganar.
Caro companheiro, digo isto porque ando sentindo muitas coisas diferentes acontecendo ao mesmo tempo. Sinto como se meus pés estivessem presos no meio de uma rua movimentada por um grande tráfego de pessoas que vão e vem sem pestanejar. Porém elas não conseguem me ver.
Hoje, meu companheiro, eu o vi pela primeira vez. Meu susto foi grande que me perguntei como não havia visto antes algo tão lindo cruzando olhares comigo. Já havia ouvido falar dele, mas nunca tinha o visto. Ele não é muito alto, nem muito baixo, nem muito gordo e nem muito magros. Todas as suas medidas são certamente perfeitas. Seus olhos ao encontrarem os meus brilharam e aquilo me encheu o coração. Preencheu o vazio que sentia há anos. Senti-me como se nada pudesse fazer-os parar de olhar um para o outro, nunca mais.
Não sei bem por onde ele anda, mas sei que está por aí, por perto, à minha vota. Ele me observa e, eu sei. Sinto-o cada vez mais próximo. Posso estar delirando, companheiro, sei disso, mas prefiro ser conhecida como louca do que aquela que não sonha e não segue seus próprios instintos.
Meu querido companheiro, eu o reconheci. Sei que ele possui um rosto comum e se esconde nos semblantes das outras pessoas, mas agora eu sei o seu nome. Ele se chama Amor.
Que os ventos soprem a seu favor com o frescor da alegria, meu companheiro. Fiquei bem.

Um abraço cheio de saudade.

A Comandante.

FONTEEsperando Uma Palavra
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS