A mulher de Touro (na visão dos homens)

Devido aos (muitos!) pedidos carinhosos, insistências e ameaças de fazer meu mapa astral, daremos sequência aos signos!

Essa vai ser uma nova série de textos “na visão dos homens” baseado no bom e velho papo de bar com os amigos.

Lembrando: sabemos droga nenhuma de signos, só de cervejas.
Portanto aproveite e avise se houver identificação, brindaremos em sua homenagem!


 

A Taurina na visão dos homens

Primeira coisa a se dizer sobre ela: que mulher cheirosa!
Segunda coisa: que mulher comilona!
Terceira coisa: que mulher cabeça dura!
Junta tudo isso e você tem o perfil de uma taurina.

As taurinas são as criaturas mais cheirosas desse mundo.
E não é perfume, não é creme ou sei lá o quê.
É pele!
Ela é naturalmente cheirosa.
A pele é cheirosa, o cabelo é cheiroso.
Ela é aquela que quando te abraça o cheiro fica grudado em você o dia todo.

Isso é de conhecimento público mas é bom ressaltar:
Não importa qual programa você fará com a taurina, tem que ter comida.
Em algum momento tem sempre que envolver muita comida boa.
Se for sair pra uma restaurante, pra um bar, ou ficar em casa vendo Netflix, tem que ter!
Acho que a melhor saída com a taurina é a que envolve orgia gastronômica.

Não dê flores pra taurina.
Dê pizza!
(pode dar as flores também, mas saiba que a pizza vale mais)

Algo que notei nas taurinas é que elas são ótimas amigas.
Ela não é aquela guria com 100 amigos, não.
Ela tem poucas, boas e verdadeiras amizades.
Ela cultiva amizade duradoura porque é amiga pra tudo.
É a primeira a querer te ajudar, e é a primeira a comemorar contigo.
Ela é aquela que você pode contar qualquer coisa e sabe que terá sempre um ombro ali.

Só que é cabeça dura. Demais.
E é orgulhosa. DEMAIS.
Se cismar com algo ela vai ficar um porre.
E ela não é de ceder tão fácil assim.
Ela acha que o jeito dela é o certo e o seu é mais ou menos. E pronto.
Mas ela é compreensível e com jeito da pra amolecer essa moça.

O problema é quando ela se fecha no seu próprio orgulho.
Quando se cala ao invés de falar o que tá sentindo e pensando.
Quando ela resolve ficar chateada sozinha.
E quando ela não cede em dizer que tá triste com alguma coisa.

Não deixe!
Abrace essa guria.
Sacuda pelos braços.
Faça cócegas.
Traga uma pizza ou um sushi.
Faça a taurina ser o que ela é melhor: felicidade e carinho!

“- Uma observação relevante: beije uma taurina no pescoço! Disponha.”

COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS