A gente só quer alguém recíproco

Seus critérios por “alguém ideal” estão todos errados.

Se você tem uma lista de requisitos pra se relacionar com alguém, você tá errada.
E acredite, mesmo que inconsciente, você tem uma lista.

Ok, isso não é ruim.
A gente não vai dando atenção pra qualquer pessoa.
Nem deveria com a quantidade de gente bizarra por aí.

Mas você pode estar escolhendo se relacionar com as pessoas pelos motivos errados.

O que é o “alguém ideal” pra você?
Jovem? Velho?
Alto? Baixo?
Magro? Gordo?

Hoje as pessoas são escolhidas como quem escolhe pela embalagem.
Ou meio como um produto mesmo.
Porque estamos todos em prateleiras do Supermercado Tinder (ainda escreverei sobre).

Você já pensou no quanto isso é errado?
Melhor, já pensou no quanto isso é ruim?
Não só é ruim pra você, é ruim pra todo mundo que quer encontrar alguém.

E não adianta.
Você pode garimpar no Tinder ou onde quiser.
Pode ter os requisitos que for.
Pode ser o mais cuidadosa possível.
Pode ser criteriosa e crítica.

De verdade? Tanto faz.
Tanto faz demais!
Isso nem deveria importar.
Seus critérios podem ser só preconceitos com quem você nem dá a chance de chegar perto.
E pode até te tirar a chance de conhecer gente muito legal.

Tem coisa muito mais importante que seus critérios.

Quebre um pouco seus critérios.
Dá uma chance pra olhar diferente para as pessoas.
Com atenção.
Para de querer achar um perfil ideal que se encaixe num rótulo.

A pessoa cuja vida vai encaixar na sua é aquela que foge do seu controle.
Ela não vai se encaixar nos seus padrões.
Ela não vai passar no seu teste.
É muito mais provável que ela distorça seus padrões e te faça rasgar o teste.
Mas uma coisa é certa: ela vai ser recíproca em tudo!

Em algum momento você se dá conta de que tudo o que quer é alguém recíproco.
Que te dê o carinho que você merece.
Que devolva a atenção que você dá.
Que te dê de volta todo o amor que você tem pra dar.

Querer alguém recíproco significa que você também tem que ser bom.
Significa que se você quer o melhor de alguém, você tem que ser o melhor pra alguém.
É interesseiro? Sim!
É muito!
Mas amar alguém já é altruísmo suficiente.
É coragem. É entrega. É dedicação.
Então permita-se pensar “eu quero ser o melhor pra você, pra você ser o melhor pra mim”.
Permita-se querer de volta toda aquela felicidade, carinho e amor que você dá.
Permita-se merecer fazer alguém tão feliz, que ela queira te fazer feliz de volta.

Vai e volta.
É um círculo.
Se completa.
Se fecha.
Só precisa ser recíproco.

Só queira alguém recíproco.

FONTEDeu Ruim
TEXTO DEHudson Baroni
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS