A energia do seu pensamento é poderosa!

Como vai a sua vida? Se tudo está bem, ótimo.

Você possui bom senso de realidade, tem tomado decisões acertadas quando percebe algo errado, é flexível o bastante para rever suas atitudes e mudar o que não foi bom.

Mas se não está feliz, se as coisas não dão certo, se não consegue prosperar, não adianta viver se queixando dos outros, responsabilizando-os por seus problemas quando, na verdade, você é a responsável pelo que lhe acontece.

Você acha que não? Que seu parceiro não lhe dá o carinho que deseja, seu chefe não reconhece seu trabalho, que as pessoas à sua volta desejam seu mal?

Nesse caso, é melhor sentar-se em um lugar tranqüilo e prestar atenção aos pensamentos que povoam sua cabeça.

Eles lhe darão a chave para perceber de onde vêm os infelizes resultados obtidos em sua vida.

Talvez tenha o hábito de ficar pensando nos perigos da vida, nas dificuldades do futuro, julgando estar se prevenindo de coisas ruins. Mas essa é a forma de atrair exatamente o que teme. Você pode achar justo cobrar os outros por não verem a vida da mesma forma que você, sem perceber que os está invadindo, intrometendo-se em coisas que não são de sua responsabilidade, assumindo os problemas deles, ligando-se ao mal. O mal é muito mais abrangente do que pode parecer-lhe à primeira vista. Vá mais fundo na observação de suas atitudes. Quem pensa no mal, na falta, cuidando mais do que se passa na vida alheia do que em sua própria, está deixando a maldade entrar em seu coração.

Suas energias tornam-se desagradáveis para quem se aproxima. Muitas portas se fecharão por causa disso. Um bom emprego, uma vida familiar equilibrada, um relacionamento afetivo, uma amizade sincera… Tudo será prejudicado pela qualidade das suas energias.

Se não acredita, faça um teste.

Tente ficar positiva, feliz, jogue fora todas as preocupações durante um dia todo e observe o resultado.

Mas precisa fazer isso com sinceridade. Para facilitar, ouça uma música alegre, cante, dance, conte piadas. Tente como lhe for mais fácil, mas faça.

Ninguém gosta de ficar perto de alguém que só se queixa, que vê maldade em tudo, que está sempre em guarda como se o mundo todo estivesse interessado em prejudicá-la.

Você não é tão importante assim para os outros. Eles estão mais interessados em cuidar de suas vidas, não se importam com seus problemas. Você só é o centro do universo para si mesma, dentro do seu mundo interior. É de sua responsabilidade tornar esse mundo melhor, entender as conquistas que já fez e os pontos fracos que precisa melhorar.

Comece gerenciando seus pensamentos.

Quando eles a depreciarem, provocarem temor pelo seu desempenho, fixarem-se só no que lhe falta, reaja. Não os alimente, procure ignorá-los, busque alguma coisa positiva que lhe dê prazer e que lhe devolva a paz. É um esforço que leva algum tempo para que saia desse hábito pernicioso. Haverá algumas recaídas, mas, se perseverar, transformará sua vida.

Assim, se tornará uma pessoa mais alegre, terá sucesso em seus projetos.

Lembre-se: só você tem o poder de fazer isso!

Zibia Gasparetto

 

COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS