A arte de terminar um relacionamento

Afinal, o que te prende a um relacionamento morno?

Frente a difícil tarefa que muitas vezes é de terminar um relacionamento, muitas pessoas se tornam prisioneiras de seus relacionamentos, vivendo em situações frustrantes, mal resolvidas e se submetendo a infelicidade diária, quando muitas vezes a solução é tão simples, e se encontra em apenas uma palavra: ADEUS!

Sei contudo, que há determinadas situações que tem lá seu grau de dificuldade na separação, atrelada muitas vezes a anos de convivência, a segredos e sonhos que ainda não foram concluídos. Porém, volto a salientar que terminar um relacionamento, seja de qual natureza for: amizade ou o convencional namoro, exige do outro coragem, pois dizer adeus é aceitar que é hora de partir e recomeçar.

Algumas pessoas tem uma facilidade incrivelmente surreal de romper relações. Porém não generalize o romper ligações, existe o modo finalizando-as ou deixando-as entre abertas. Não aceite o termino de algo baseado na incerteza e indecisão, certifique-se de que o ponto final foi estabelecido. Ele será muito importante no futuro, pois assim como no português, se colocarmos mais dois pontos ao final da frase vira reticências, e você acabará condenado a viver sob as dúvidas e sonhos rompidos diariamente. Todo final, requer apenas um ponto. O ponto final dói, sei disso! Mas ele também é a certeza do recomeço no parágrafo seguinte.

Já me deparei com situações onde o ser humano não te atende, te ignora, ou simplesmente manda um torpedo dizendo que está fora do planeta Terra e quando voltar te liga. Sempre as mesmas desculpas e comportamentos superficiais que insistem em nos mantermos em um reforço intermitente. Tudo isso por que ninguém é corajoso o suficiente. Quero ver olhar nos olhos e dizer pro outro seguir a vida, pois embora haja amor e carinho, não há mais compatibilidade, e que a partir do dado momento, suas asas são devolvidas e se sugere que voe em busca de seus sonhos.

É claro que o repertório verbal muitas vezes será outro, contudo eu insisto no mesmo ponto: Terminem seus relacionamentos, pois a angustia de dormir e acordar sem saber se está ou não namorando, se estão bem ou mal, se haverá o passeio no final de semana para a praia ou não é sem dúvidas CRUEL.

Rompa alguns laços necessários para que haja a libertação, para que os olhos alcancem uma nova dimensão.

O que ninguém entende, e justamente por isso culpa o último parceiro de todas as angustias e ressentimos, é o fato de que muitas vezes (ou na grande maioria) é necessário em primeiro lugar terminar com você mesma. Termina de uma vez minha filha, aqueles sonhos de ter dois filhos e um cachorro com aquele cara que mantêm conversa no celular com você e o time de vôlei feminino todo. Termine de pensar que a culpa é sua, e por isso ele não voltou a lhe procurar, que se você tivesse feito diferente as coisas teriam se encaminhado para outro destino, por que eu te digo que não, não teriam, quem quer corre atrás quem não quer acha uma desculpa.

Coloque um fim nessas conversas sem fim e indecisas, e vai pro cinema sozinha mesmo, quem sabe lá você não encontra alguém que também decidiu recomeçar.

Reconheça-se dentro da palavra recomeçar, e não tenha medo de terminar.

Diga adeus para uma amizade que não te completa mais, que não lhe representa ou assemelha a quem é. Se despeça daquele relacionamento morno, que causa dor e angustia. Viva uma relação em que você possa ser quem é, independente dos defeitos ou manias, esteja de corpo inteiro e alma também.

E lembre-se acima de tudo, que um bom relacionamento, seja qual for, não deve se pautar somente nos anos de convivência, mas sim na intensidade com que cada segundo juntos é vivido. Há aqueles que preferem acreditar que após anos juntos, se acostumam um com o outro… QUE? Eu não quero acostumar com ninguém, já basta ter acostumado comigo mesma, que diga-se de passagem já não foi uma tarefa fácil! Eu quero me apaixonar todos os dias pelo novo, ter todas as manhãs um motivo diferente para gostar, para estar junto e para valer a pena cada instante.

O maior barato de um relacionamento está justamente no fato de ter coragem, pois, pode ser que no final deste dia, seja o último que vocês estejam juntos, como também pode ser que o final seja quando o ar de alguém literalmente acabar. Só te digo que pra estar com alguém, é preciso que lhe convença todos os dias, de que vale a pena não terminar com ele.

FONTEObvious Mag
TEXTO DEMarina Zotesso
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS