9 sinais que provam que aquela relação de trabalho virou amizade verdadeira

É muito comum que, com o passar dos anos, o círculo de amizade das pessoas seja muito maior no trabalho que em qualquer outra esfera. À medida que avançamos em direção a uma relação estável em casa e também no plano de carreira, fica cada vez mais difícil estabelecer conexões novas fortes. Por isso, é bem importante ter alguns companheiros fieis de escritório. A seguir, veja alguns sinais de que você já encontrou sua amizade verdadeira.

Indícios de companheirismo no trabalho

1. Após o fim de semana, você não suportaria a segunda-feira se não fosse por eles. Seu humor e parceria fazem a volta ao trabalho mais suportável.

2. Você pode ser lamentar sobre seu chefe ou sua mais recente tarefa de trabalho por horas sem que se chateiem. Mas vocês também conseguem falar sobre outras coisas vida normal também.

3. Em reuniões com a chefia, vocês conseguem chamar a atenção e captar o olhar um do outro – e é muito difícil não rir. Mas, naquele momento, só assim para aguentar horas de apresentação no escuro.

4. Sua amiga ou amigo sabe como ajudar a disfarçar sua ressaca, falando por você em reuniões. Ou melhor, ela sempre tem um sal de frutas ou um analgésico na gaveta.

5. Vocês têm links engraçados que enviam por e-mail uns aos outros (normalmente, vídeos de gatos), caso qualquer um de vocês estejam tendo um dia ruim.

6. Vocês agendam reuniões, coffee breaks e passeios de elevador ou até o fumódromo juntas, para poderem fazer uma pausa ao mesmo tempo e fofocar sobre trabalho.

7. Sua melhor amiga lhe alerta se você tem um cheiro verde ou pedaço de feião cobrindo seus dentes antes de uma reunião, ou se sua saia ficou presa na calcinha.

8. Esse companheiro fiel de trabalho sabe exatamente como você gosta do seu chá, e nunca erra. O melhor, sabe o momento crucial quando esse break para um chocolate ou chá é necessário.

9. Vocês têm nomes em código para se referir às pessoas no trabalho e, por vezes, falam em uma linguagem secreta sobre eles.






COMENTÁRIOS