8 dicas essenciais para manter um namoro à distância

O título também poderia ser 8 truques para diminuir a saudade 😉

 

#1 Comunique-se com o seu amor, de verdade

Dá para imaginar manter um namoro à distância quando as pessoas se falavam apenas por cartas que demoravam meses para chegar ou por ligações telefônicas interurbanas ou internacionais que eram carérrimas? Quem está longe agradece diariamente aos deuses da tecnologia por conseguir se aproximar ainda mais de quem gosta graças aos ‘santos’ Skype, FaceTime, WhatsApp, Snapchat e e-mail…

Lygia recomenda que o casal busque compartilhar as experiências vividas no dia a dia, seus sentimentos e sonhos. “É importante que conversem bastante, sobre tema diversos e que se permitam conhecer como cada um pensa, sente ou lida em diferentes situações. Falar sobre o mesmo assunto sempre tende a limitar as possibilidades do casal que vive à distância se conhecer melhor”.

#2 Aprenda a se planejar para encontrar quem você ama

Várias questões passam pela cabeça: quando conseguirei vê-lo(a), como farei, quanto isso custa? “À medida que a relação se fortalece, que o casal percebe que está em sintonia, que o amor cresce, a falta que um sente do outro tende a aumentar e a vontade de compartilhar todos os momentos da vida com a outra pessoa também. É um processo natural… Ao passo que a relação se constrói é esperado que o casal tenha mais dificuldade de ficar separado”.

Neste contexto, a saudade se transformará em um combustível para que, juntos, vocês aprendam algo muito valioso, que irá se refletir em todos os aspectos da vida, inclusive o profissional: planejar. Saberão quais são os melhores dias da semana para viajar, a cotação de moedas estrangeiras, as promoções de passagens, farão hora extra para tirar folga, trabalharão duro para não perder um minuto do seu tempo precioso com o outro, aprenderão a conversar com o chefe para descolar férias antecipadas…

Essa lição será importante para que vocês corram atrás de sonhos em comum. Mas, tudo depende de quem são os indivíduos que estão nesta relação e da história de cada um. “Há pessoas que podem se relacionar a vida inteira com alguém à distância sem grandes problemas”, afirma a psicóloga.

#3 Aproveitem o tempo que têm juntos como se não houvesse amanhã

Depois de muita comunicação via gadgets, é hora de desligar o computador e o celular para curtir a pessoa ao vivo e a cores!

Considerando que vocês vão conseguir se encontrar com alguma frequência, a convivência pode contribuir para que o casal se conheça melhor e tenham o contato físico que falta o resto do tempo. Depois de curtir bastante o seu par, apresente-o aos seus amigos, familiares – isso ajudará a fortalecer o vínculo do casal.

#4 Vença os ciúmes, cumprindo o acordo do casal

No caso específico do namoro à distância, o casal enfrenta, primeiramente, a ausência um do outro na rotina diária e isto poderá ter diferentes impactos sobre a vida de cada um. Neste contexto, é possível que surjam sentimentos como ciúmes, desconfiança ou mesmo insegurança sobre o futuro da relação. “Algo que pode, muitas vezes, ser sentido como algo negativo para aqueles que encontram no relacionamento uma fonte poderosa de prazer, alegria e afeto maior do que a encontrada em outras situações de sua vida cotidiana”, exemplifica Lygia.

Mas vencer os ciúmes é algo possível? A especialista responde: “Em um relacionamento à distância estabelecer um acordo é fundamental e, principalmente, perceber se as atitudes do outro combinam com o que ele diz. Uma pessoa que diz que fidelidade é importante, mas age de forma a demonstrar que não é, tende a criar oportunidades para que o outro se sinta inseguro. Em um relacionamento afetivo é importante que o que a pessoa diz corresponda àquilo que ela faz, pois isso ajuda o outro a saber com quem está lidando”.

#5 Filtre os comentários das pessoas quanto ao seu relacionamento

“Como você consegue?”. Quem namora alguém que vive longe se acostuma a relevar comentários que muitas vezes não foram solicitados, muito menos que tiveram um motivo específico para serem emitidos. Mas claro que há aqueles recados importantes, para abrir os seus olhos também. Por exemplo, se uma pessoa percebe que a amiga sofre porque o namorado está longe, mas avalia que ele não demonstra o mesmo tipo de afeto por ela, é bom avisar. “Nessas circunstâncias, o olhar externo pode ser mais confiável, já que está menos envolvido de afeto”, explica a psicóloga.

Relacionamento à distância: dicas pra não morrer de saudade

#6 Mantenha o otimismo, a paciência e façam a vida acontecer para a distância acabar, de uma vez por todas!

“É fundamental que em um relacionamento afetivo (à distância ou não) o casal esteja em sintonia, que compartilhe sentimentos comuns, objetivos semelhantes para o casal e, com isso, possa fortalecer o compromisso um com o outro”, comenta ela. As metas do casal podem ser uma fonte de otimismo e uma motivação extra para aguentar a saudade.

Há quem consiga manter um relacionamento à distância numa boa! Mas há também quem queira acabar com essa questão o quanto antes. Se a ideia é morar junto, além de se planejar muito bem: “É necessário que a pessoa avalie também outras possibilidades do contexto para o qual irá se mudar, que podem (ou não) contribuir com o sucesso desta nova fase. É importante que a pessoa avalie se o lugar, as pessoas, as oportunidades do lugar para onde ela irá se mudar os agrada. Além disso, precisa avaliar se o parceiro está também confortável com esta nova condição e disponível para contribuir com esse processo”.

Mudanças sempre exigem novos comportamentos. E não há regra para dizer que algo irá ou não funcionar. Depois é só correr para o abraço! Toda mudança tende a gerar novidades. O casal precisará se adaptar a uma forma de convivência diferente.

#7 Use a distância para se conhecer melhor e focar em outras áreas da sua vida!

É inegável que o contato físico contribui para o fortalecimento do vínculo, mas uma vez que o casal mantém este contato de tempos em tempos, nos períodos em que não se veem devem aproveitar para desenvolver outros aspectos da vida: como focar-se sobre a carreira, viajar com as amigas, estudar bastante, dedicar-se a um hobby… Ter uma vida pessoal feliz é um grande passo para manter um relacionamento mais saudável

#8 Solte a criatividade para fazer um programa diferente a dois, mesmo longe

Algumas ideias fáceis para quem tem um relacionamento à distância tentar nesses tempos em que a tecnologia consegue ajudar a diminuir a saudade:

♡ Assistir a um filme ou série juntos no Netflix;
♡ Cozinhar o mesmo prato e depois jantar tagarelando sobre como foi o seu dia;
♡ Se arrumar, como se fosse para um encontro em pessoa, e jantar à luz de velas;
♡ Tirar uma soneca juntos;
♡ Ligar para a outra pessoa para dizer “Bom dia” ou um “Eu te amo” carinhoso…
♡ A mágica precisa acontecer: vale uma mensagem mais caliente, uma foto sensual daqui, um strip dali… O sexo virtual será encarado com naturalidade por vocês (vale lembrar que ninguém deve se sentir obrigado a nada, né?);
♡ Mandar uma foto do seu almoço em família e fazer questão de dizer que todos queriam que o seu love estivesse lá.

FONTETão Feminino
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS