6 segredos de uma mulher elegante

Ainda que intangível, a elegância é percebida em tudo: no caminhar, no porte, no falar, no tom de voz, no movimento das mãos e na forma de sorrir. Esses detalhes hipnotizam e caracterizam o que é autenticidade.

Muitos artigos, filmes e treinamentos falam de elegância. Não obstante, ela é muito difícil de definir. Ela se sente e ponto.

Uma mulher elegante sempre é consciente

Muitas vezes, saímos apressadas para resolver problemas de cara fechada. Apertamos as sobrancelhas quando esperamos o ônibus, que teima em vir lotado, como se participássemos do concurso da mulher mais brava do dia. Por quê? Porque, quando não pensamos na nossa expressão facial, ela sempre parecerá hostil.

Uma mulher elegante tem consciência de si mesma sempre. É um estilo de vida. Ela não precisa sorrir de maneira forçada, mas pode estar bem e leve, e não pelos outros, mas por ela mesma. Não apenas em lugares públicos, mas quando está sozinha, em casa. Estar consciente do olhar tranquilo é uma forma de vida que deve se tornar um hábito, porque relaxa e traz uma elegância natural à mulher.

Uma mulher elegante sabe amar a si mesma

Uma mulher elegante sabe relaxar, escutar o silêncio e consegue admirar as nuvens ao invés de olhar o celular o tempo todo. Ela não exagera, se ama e é feliz com esse pensamento simples e verdadeiro.

Ela não tem o hábito de se sacrificar pela felicidade dos outros, ou por algum bom resultado no trabalho. Porque, quando está tranquila e relaxada, emana felicidade para todos em sua volta, e os bons resultados no trabalho são apenas uma consequência. Ela enche o mundo exterior com a sua energia de amor, está atenta ao nível de energia que possui e sempre sabe a hora de parar para recarregá-la.

É impossível tirá-la do sério

Uma mulher elegante lida com os inconvenientes como uma brincadeira, não leva tudo para o lado pessoal e não perde tempo ficando rancorosa. Afinal de contas, nada disso importa. O destino sempre nos dá muitos motivos para sofrer, mas nós podemos usar esses motivos de um jeito positivo, sem perder forças e energia. É preciso saber priorizar o bem estar emocional.

Uma mulher elegante não perde tempo com fofoca. Sua autoestima é suficientemente grande para perder tempo com isso. Você não vê uma pessoa elegante falando mal dos outros, ou olhando o Facebook dos outros para falar sobre o fracasso alheio.

Esta mulher sabe receber os olhares de admiração

Uma mulher elegante nunca passa despercebida e sabe receber elogios e olhares admirados. Ela não se cega para as luzes da fama, mas tampouco tem vergonha quando chama atenção. Ela sabe quem ela é e não precisa se sentir incômoda quando elogiada demais. Ela não precisa responder timidamente que a blusa foi um presente da mãe, quando o colega de trabalho faz um elogio à elegância com que se veste. Ela simplesmente agradece e sabe se valorizar.

Se sente cômoda com o seu corpo

Se você acha que uma mulher sofisticada deve ter uma cintura e uma bunda exemplares, você está completamente errado. Livre-se deste preconceito ridículo. Com frequência, vemos como mulheres robustas são maravilhosas. Porque elas sabem se apresentar. Elas não fazem questão de se enfiar em uma calça super justa, ou em um vestido tubinho tamanho PP. Mulheres de porte são maravilhosas porque não fazem questão de se encaixar nas regras da moda moderna.

Age de acordo com a situação, não segundo as regras

O último segredo: seja natural em todas as situações. Não vá ao campo com um vestido de gala, não coloque salto alto para passear na rua, não coloque um terninho em um dia de muito calor.

Uma mulher elegante não acredita em quem fala que salto alto é imprescindível, que a roupa clássica é garantia de sucesso, e que usar cabelo solto é de mau gosto.

Se você tem certeza que seu cabelo está bom, deixe ele solto. Se não se sente cômoda com salto alto, não se torture, escolha qualquer outro tipo de sapato elegante. E não prenda a sua individualidade em terninhos preto e branco, por mais clássicos e bonitos que eles possam parecer.






COMENTÁRIOS