55 motivos para se arrepender de 2015

Por: Edival Lourenço
Publicado originalmente da Revista Bula.

2015 está sendo um ano particularmente penoso. A política ruim interferindo na economia e a economia atrapalhada interferindo na política. E tudo isso interferindo na vida da gente de forma esmagadora. Muitas dessas coisas estão em nosso foco de preocupação, mas fora de nossa área de atuação. Se pudéssemos ter feito alguma coisa teria sido muito pouco. Mesmo assim sobra uma porção coisas para se arrepender. Para facilitar suas escolhas de arrependido, aí vai uma lista de possíveis arrependimentos e começar um ano novo mais leve:

1 — Deveria ter sonegado mais, assim a quadrilha oficial teria roubado menos;
2 — deveria ter acordado mais cedo, assim teria ficado mais tempo à toa;
3 — deveria ter feito menos check-ups, assim teria evitado tantos remédios inúteis ou até prejudiciais;
4 — deveria ter caminhado menos, assim teria poupado minhas articulações;
5 — deveria ter bebido mais, assim teria aborrecido menos;
6 — deveria ter acendido mais velas, não as bentas para o santo, mas as de citronela para o mosquito do chikungunha, assim teria sofrido menos;
7 — deveria ter cantado mais e amado mais e não entrar 2016 com déficit no PIB (Participação Individual na Bimbada);
8 — deveria ter gastado mais, agora poderia justificar minha bancarrota com a quebra do País;
9 — poderia ter lido menos jornais, assim poderia ter enganado menos;
10 — poderia ter te conhecido antes e ter chegado em 2015 já te esquecendo;
11 — deveria ter olhado menos para a tela do smartphone e mais para a paisagem ao redor;
12 — deveria ter ligado menos o wi fi e mais a transcendência;
13 — deveria ter usado mais meu instinto de direção e menos o GPS;
14 — deveria ter usado mais a tecnologia para me ampliar e menos para me substituir;
15 — deveria ter chorado menos por desgraças que não aconteceram;
16 — deveria não ter levando em conta fatos que pareciam inevitáveis;
17 — deveria ter votado nulo, assim teria menos sentimento de culpa pela desgraceira geral;
18 — deveria ter mudado de país, assim teria lembranças de um país menos ruim;
19 — deveria ser mais ignorante, assim me acharia menos babaca;
20 — deveria ter ficado mais perto de minha mãe, assim ela teria me dado uns trocadinhos a mais (de carinho);
21 — deveria ter corrido mais, assim teria apanhado menos;
22 — deveria ter atrasado mais para os encontros de responsabilidades, assim teria comprometido menos;
23 — deveria ter sorrido mais das desgraças dos outros, porque das minhas estão sorrindo até agora;
24 — deveria ter ficado mais indeciso, até os problemas se resolverem, só aí tomar a posição mais cômoda;
25 — deveria ter depilado mais, assim teria me enrolado menos nos cabelos das pernas;
26 — deveria ter firmado mais na hora de aplicar golpe;
27 — deveria ter guardado mais para os momentos de folgança;
28 — deveria ter duvidado mais da certeza e acreditado mais na dúvida;
29 — deveria ter distraído mais e não ter visto a Seleção Canarinho ser surrada de 7 X 1 pela Alemanha;
30 — deveria ter acreditado que se ficar o bicho come, se correr o bicho pega… e come;
31 — deveria ter importado menos com as coisas grandes, porque a vida é pequena e as coisas pequenas já são o bastante;
32 — deveria ter casado menos e namorado mais;
33 — deveria ter lido mais livros e visto menos televisão;
34 — deveria ter calado mais e falado menos inconveniências;
35 — deveria ter levitado mais e tido menos os pés no chão;
36 — deveria ter viajado mais e ter morado menos;
37 — deveria ter plantado menos, colhido menos e desperdiçado menos;
38 — deveria ter desmatado mais as idéias que querem uma árvore a menos;
39 — deveria ter enterrado o corpo no espírito do tempo;
40 — deveria ter magoado menos com o espírito de porco que habita meu corpo (corpo & porco, mais que um anagrama, é maldição e bênção);
41 — deveria ter realizado menos e sonhado mais;
42 — deveria ter voado mais e caminhado menos;
43 — deveria ter brindado mais e escrito menos reclamações ao PROCON;
44 — deveria ter ido mais ao pesque — pague com meu neto e menos a Nova York com meu sócio;
45 — deveria ter raciocinado menos e curtido mais;
46 — poderia ter preocupado menos com o topete e ocupado mais com a saúde mental;
47 — deveria ter lido mais o Alcorão e menos a Bíblia, assim teria tido a chance de alguma ideia nova;
48 — deveria ter lido menos manual de instalação e mais literatura ficcional;
49 — deveria ter murchado a barriga e inflado o cérebro, para compreender a nova estação que vem vindo;
50 — deveria ter tido mais compaixão e menos arrogância;
51 — não deveria ter confundido lado oposto com apostolado;
52 — deveria ter entendido que “tudo que é sólido desmancha no ar”;
53 — deveria ter entendido que o que é já foi e que será já era;
54 — deveria ter estocado mais vento para tomar impulso e saltar diretamente para 2017;
55 — deveria ter visto mais o sol se pôr, a lua passear no céu e o sol nascer, assim teria escrito menos bobagens.
COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS