5 ensinamentos que nos tornam mais fortes

Ser forte não quer dizer ter a capacidade de levantar peso como um fisiculturista, e sim a capacidade de enfrentar a todas as circunstâncias da vida. Pode parecer algo utópico, mas é possível conseguir a força necessária para superar todos os obstáculos.

Não basta ser consciente e ter confiança nas habilidades que possuímos, e sim saber colocá-las em prática quando necessário. Por sua vez, é preciso trabalhar arduamente para desenvolver novas capacidades que nos ajudem a ser mais fortes.

Preste muita atenção às expectativas que você tem das pessoas, dos acontecimentos e de você mesmo. O excesso de otimismo nem sempre é algo positivo porque pode causar frustração se não se alcança o desejado.

“Aprenda a ser forte quando você se sentir mais fraco.”

Ensinamentos que nos tornam mais fortes

Em vez de mudar completamente e se tornar um pessimista nato, você pode ver a vida sob uma ótica mais realista. Sem dúvida, isto lhe permitirá não apenas alcançar as metas, como também evitar a vulnerabilidade e a dor que uma má noticia ou desengano possa lhe causar.

Tenha em mente as seguintes lições de vida. Estes ensinamentos deveriam estar disponíveis para todos aqueles que querem ser mais fortes, proativos e conscientes:

1- Talvez não haja amanhã. O que isto quer dizer? Devemos pensar que morreremos logo? Claro que não. O que é importante lembrar é que a única coisa que temos “por certa” é o presente. O passado já foi e o futuro é incerto.

Talvez você pense que é uma lição um pouco triste, mas se pensar friamente verá que é totalmente verdadeira. Não planeje um amanhã que você não sabe se chegará. É melhor no que acontece hoje.

De qualquer jeito, você pode pensar no futuro, mas isso lhe tira a capacidade de viver o presente.

Ensinamentos que nos tornam mais fortes

2- A vida não é simples. Quem disse que seria? Não podemos conseguir nada se não nos sacrificarmos, trabalharmos duro e nos movermos em direção ao que desejamos.

Apenas algumas poucas pessoas neste mundo tem a “sorte” de não fazer nada e ter tudo servido em uma bandeja de ouro. Contudo, é mesmo isso que você deseja? Pense bem na sua resposta…

Se você constrói dia a dia a sua existência, você será mais consciente das coisas que alcançou e do que custa ser feliz. Então, quando algo de ruim acontecer ou você estiver atravessando um “mau momento,” se lembrará que o esforço que fez valeu a pena. Compreender esta realidade é uma boa forma de se tornar mais forte.

3- É impossível controlar tudo. Estar imerso na sua zona de conforto é a coisa mais parecida com ter ficado no ventre da sua mãe… seguro, tranquilo, alimentado, feliz… Saia do casulo!

O conforto e a segurança são para fracos, você sabe por quê? Porque não se animam a dar uma passo a mais do que estão acostumados, não procuram mudar o seu destino, se sentem satisfeitos em conseguir um pouco, em vez de fazer o esforço de ganhar com generosidade.

Ensinamentos que nos tornam mais fortes

4- Estar informado não é sinônimo de ser sábio. De que serve passar todo o jantar escutando as notícias da TV? “Para estar informado” é a primeira resposta. E o que isto quer dizer? “Conhecer o que acontece”. Você tem certeza?

A vida é muito mais do que as previsões do clima, as mudanças na economia, a política, a realeza e os esportes. Sem falar das más notícias, como roubos, assassinatos e injustiças! Salvo que você pegue esses dados e os use para criar uma ONG ou ajudar a combater a fome, não vão lhe servir de nada.

É preciso se cultivar com textos e atividades que sirvam para melhorar e aumentar a sua força interior. Os livros de autoajuda ou de filosofia são um bom exemplo.

5- Não dá para mudar o passado. Ainda não foi inventada uma máquina do tempo, e se isso fosse possível, para que serviria?

Uma das formas de ser forte é aprender com os erros. O que você fez, feito está, é impossível modificá-lo. Está em você saber como aproveitar essa lição e não repeti-la. É preciso não se arrepender e sim agir em consequência!

Texto original em espanhol de Yamila Papa.

COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS