38 verdades brutais sobre relacionamentos

 


Nossa cultura cria a expectativa de que a vida deve ser como um dia feliz na praia, mas todos nós sabemos que a vida real está longe de ser uma experiência alegre unilateralmente. Em nenhum lugar a nossa cultura apresenta um conjunto mais distorcido de expectativas em torno dos nossos relacionamentos íntimos a longo prazo.

Esperamos sol, caixas de chocolates e romance, apesar do fato de que a maioria de nós testemunhou dificuldades nas relações dos nossos pais durante os nossos primeiros anos de vida.

A verdade é que as relações não são fáceis. Elas nunca são fáceis. Relacionamentos exigem compromisso. Eles exigem que você dedique-se ao bem do outro, assim como exigem que você redefina a definição de amor que a nossa cultura tem entregado a você.

Mais perigoso, talvez, é o fato de que nossa cultura tende a martelar a ideia de que o amor é um sentimento. Mas a realidade é que o amor é ação. Isso funciona. É algo com o qual devemos nos comprometer.

Quando você é capaz de aceitar isso, e superar a expectativa prejudicial de que você deveria se sentir de uma maneira singular, feliz o tempo todo, você abre espaço para a verdadeira alegria de estar em parceria íntima, uma alegria que alarga-se para dar espaço para a luta.

AQUI ESTÃO 38 VERDADES DURAS SOBRE RELACIONAMENTOS QUE PODEM AJUDAR A CRIAR EXPECTATIVAS SAUDÁVEIS:

1. Você não vai gostar sempre do seu parceiro.

2. Você não vai sempre se sentir atraído por seu parceiro.

3. Você se sentirá irritado.

4. Você não vai sempre sentir falta do seu parceiro quando estiverem longe um do outro.

5. Você se sentirá entediado, às vezes.

6. Você saberá se há alguém “melhor”, às vezes.

7. Você se sentirá solitário, às vezes.

8. Seu parceiro não é o seu clone, e diferenças pode ser um desafio.

9. Seu coração vai abrir e fechar.

10. Você se sentirá atraído e não atraído.

11. Sua vida sexual será um desafio, às vezes.

Especialmente se há um parceiro com maior necessidade sexual e um parceiro com menor (o que quase sempre acontece).

12. Você não vai sempre querer ter relações sexuais.

13. Você se sentirá às vezes apaixonado e às vezes indiferente.

14. Você se sentirá conectado e desconectado.

15. O verdadeiro amor inclui polaridades aparentes.

O quanto mais você dá espaço para as aparentes polaridades, ao invés de reprimi-las, mais você será capaz de cultivar as experiências “positivas”

16. O verdadeiro amor inclui medo.

17. Medo nem sempre se parece como medo.

Às vezes parece com indiferença, irritação, ambivalência e dormência.

18. Quanto maior o amor, maior o medo.

19. Quanto maior o amor, maior o risco.

Isso significa entrar em contato de tempos em tempos com a clara consciência sobre a possibilidade da perda.

20. Você vai ter pensamentos como: “Eu quero ir embora. Eu quero algo mais. Eu quero alguém.”.

Estes são apenas pensamentos. Eles são normais. Isso não significa que eles são verdadeiros. Na maioria das vezes, eles são mais uma manifestação de medo.

21. Pensamentos duvidosos (como aqueles acima) geralmente vêm junto do sentimento de estar desconectado do seu parceiro.

Lembre-se: o amor real vacila entre conexão e desconexão, às vezes no curso de uma semana, um dia, ou uma hora. Quanto mais você souber isso, mais facilmente você pode aceitá-lo.

22. Você saberá porquê ninguém mais fala sobre o quão difícil pode ser.

Você vai se comparar aos outros, a sua relação a outros relacionamentos (Tenha muito cuidado com a representação de imagem perfeita que você vê na mídia social, e todos os meios que falam sobre esse assunto. Você nunca sabe o que está acontecendo por trás de portas fechadas).

23. O conflito é inevitável.

24. Vocês verão o pior um do outro.

25. Você vai insultar o outro e dizer coisas que não quer dizer.

26. Vocês vão machucar um ao outro.

Isso é inevitável, e aceitar uma realidade como esta é simplesmente parte da prática de estar em um relacionamento.

27. Vocês perderão a confiança um no outro.

Isso não significa que há maneiras exatas de se fazer isso – Há muitas maneiras de perder a confiança.

28. Você vai trazer o seu passado para o relacionamento: dor de infância, dor de relacionamentos passados, dor de amizades perdidas.

Assim será também com o seu parceiro. E vocês projetarão essas dores um no outro, cada um de vocês fornecendo o espelho que reflete o material bruto que há em seu mundo interior, para que vocês possam vê-lo claramente e curar suas vidas.

29. Você vai experimentar a parte obscura de um casamento, quando você não saberá se ainda quer fazer isso.

Se vocês querem perdurar e se comprometerem a aprender, vocês evoluirão para a próxima fase e seu casamento vai ficar mais forte.

30. Se você tem filhos, você vai suportar vários anos, até que os dois percebam que não estão satisfazendo suas necessidades.

Este sentimento terá fluxo e refluxo. A dinâmica em um relacionamento nunca é constante, de modo que ter inevitavelmente filhos vai desafiar a sua rotina.

31. Não há dúvida de que a vida com filhos é um desafio.

Espere. Eles crescerão e tudo ficará mais fácil.

32. Você vai se sentir furioso, indignado, e desvalorizado às vezes.

Os sentimentos vão parecer tão grandes que será como se eles fossem te tomar por inteiro e cuspir chamas de ira em seu parceiro. Em seguida, você vai aprender a fechar a sua boca, pois você sabe que esses sentimentos passam, você se acalma para que possam ter uma conversa razoável. Esta é uma prática espiritual.

33. Você será convidado a ser uma pessoa melhor, às vezes.

Você terá que tomar decisões difíceis, e toda vez que você fizer isso, não servirá apenas a você, mas ao relacionamento.

34. Você vai precisar engolir o orgulho e pedir desculpas primeiro.

Isto é uma coisa boa.

35. Você perderá a fase de lua de mel (se alguma vez houve uma).

E então você vai perceber que a base sólida e sustentável, que vocês dois têm construído juntos, está muito melhor.

36. Pode não haver muito do que você pensava de um romance nos últimos anos.

Mas você vai aprender a ver que as pequenas coisas diárias que seu parceiro faz por você – como aquecer seu carro em 10 graus e organizar reuniões de família em vez de assistir ao jogo – são infinitamente mais românticas.

37. Vocês se sentirão ressentidos.

Você vai abrigar rancores. Então você vai encontrar maneiras de curar a partir de mágoas do passado e o relacionamento vai crescer mais forte.

38. Vocês irão envelhecer juntos.

Vocês testemunharão o envelhecimento um do outro, as rugas, a flacidez e as cicatrizes. Esta pode ser uma fonte de tristeza se você pendurar e ficar remoendo uma foto antiga de seu parceiro em algum local visível, ou uma fonte de alegria por vocês manterem e celebrarem entre si através das estações de uma vida.

Depois de ler esta lista você pode se perguntar sobre porquê alguém iria querer um relacionamento de longo prazo. Não é mais fácil ser solteiro? Sim, é mais fácil. É mais seguro e menos arriscado. Mas relacionamentos íntimos são um dos lugares onde nós estamos convidados a aumentar nossa capacidade de amar e ser amado, para alargar a nossa tolerância, para aumentar a nossa paciência e nos suavizar em compaixão.

COMPARTILHAR





COMENTÁRIOS